Terça-Feira, 13 de novembro de 2018 Nossa história      

Notícias

SIMÕES-PI | II SEMINÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE

O II seminário foi promovido pela secretaria de saúde durante os dias 10 e 11 de setembro nos período manhã e tarde. Estiveram presentes todos os trabalhadores da saúde da sede do município como também aqueles lotados no interior.

José Wilson de Carvalho (Zé Wlisses) prefeito, após cumprimentar a todos em nome de Isamária Dantas – 1ª dama e secretária de saúde,  fez a abertura do evento agradecendo pela presença de todos os profissionais  e aos palestrantes, dizendo que   um evento deste porte, com certeza, só vai fazer a nossa saúde crescer ainda mais no município. Falou que a saúde de Simões está bem, mas que precisa qualificar ainda mais, pois quem ganha é a população.  Por fim desejou a todos para que façam bom proveito.

Isamária Dantas – 1ª dama e secretária de saúde, após cumprimentar a todos na pessoa do prefeito Zé Wlisses, fez discurso.
 
Leia o discurso de Isamária Dantas.
 
É com grande prazer que iniciamos o II seminário de saúde de Simões, mais uma vez temos a oportunidade de nos reunirmos para trocarmos informações e experiências a cerca da saúde do nosso município.
 
 Acreditamos que seja fundamental estar sempre buscando aperfeiçoamento, adquirindo novos conhecimentos e processos, de maneira que possamos estar sempre atualizados e assim entregarmos a nossa população serviços eficientes e de qualidade.
 
 Os desafios são enormes e existem em todos os segmentos da gestão púbica, mas não são intransponíveis, precisamos apenas de muito comprometimento para superar esses obstáculos. Por isso desejo que todos nós aproveitemos esta excelente oportunidade de melhoramento e que ao final deste seminário possamos sair um pouco melhores e que façamos com que o aprendizado deste, possa impactar diretamente no atendimento dos nossos usuários. Tenham todos  um ótimo seminário e um abraço a todos.
A enfermeira Emanuela silva – Coordenadora de atenção básica, fez a apresentação do evento e também de toda programação para os dois dias.
Luiz Fernandes – Perito em comunicação, professor, jornalista, coach, hipnoterapeuta, fez palestra motivacional show, onde abordou aspectos da poder da mente e relações interpessoais. A palestra teve o tema NUNCA É TARDE PRA RECOMEÇAR, O SUCESSO ESTÁ EM VOCÊ.
 
A palestra com Luiz Fernandes, teve duração de duas horas, onde fez explanação de como as pessoas devem acreditar em si próprio e buscar o sucesso que está dentro de cada um.
 
 Fez uma demonstração do poder da mente e também uma apresentação como hipnoterapeuta, o que levou a grande admiração pelas pessoas, momento em que foi ovacionado.
 
 A sua palestra, foi algo jamais visto em Simões, levou alegria e felicidade as pessoas, pois no final todos queriam abraça-lo e agradecer pela  excelente participação.
 
A enfermeira Layze Bráz – trabalha na SESAPI, fez palestra sobre atendimento      humanizado.  Layze se referiu a vários temas como:
- Abordar de forma individualizada e especial.
- Dar atenção diferenciada, demonstrar empatia, cumprimentar,
chamar pelo nome, olhar nos olhos e escutar a pessoa com atenção.
- Transmitir confiança e segurança para que a pessoa acredite no tratamento.
-  Respeitar a intimidade, crenças e desejos, dentre outros.
Lindalva Marques – Especialista em ESF, coordenadora de doenças transmissíveis da SESAPI, proferiu palestra sobre a hanseníase. Lindalva, explicou sobre transmissão, tratamento, sintomas, prevenção, dentre outros.
 
SINTOMAS: Podemos classificar a doença em hanseníase paucibacilar, com poucos ou nenhum bacilo nos exames, ou multibacilar  com muitos bacilos. A forma multibacilar não tratada possui potencial de transmissão.
 
A hanseníase pode se apresentar com manchas mais claras, vermelhas ou mais escuras, que são pouco visíveis e com limites imprecisos, com  alteração da sensibilidade no local associado a perda de pelos e ausência de transpiração. Quando o nervo de uma área é afetado, surgem dormência, perda de tônus muscular e retrações dos dedos, com desenvolvimento de incapacidades físicas. Nas fases agudas, podem aparecer caroços e/ou inchaços nas partes mais frias do corpo, como orelhas, mãos, cotovelos e pés.
 
Tratamento: O tratamento é gratuito e fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Varia de seis meses nas formas paucibacilares a um ano nos multibacilares, podendo ser prorrogado ou feita a substituição da medicação em casos especiais. O tratamento é eficaz e cura. Após a primeira dose da medicação não há mais risco de transmissão durante o tratamento e o paciente pode conviver em meio à sociedade.
 
Prevenção: Naturalmente, ter hábitos saudáveis, alimentação adequada, evitar o álcool e praticar atividade física associada a condições de higiene, contribuem para dificultar o adoecimento pela Hanseníase.  A melhor forma de prevenção é o diagnóstico precoce e o tratamento adequado, desta forma  a cadeia de transmissão da doença pode ser interrompida.
Na câmara municipal de vereadores, houve oficina de saúde bucal na AB. A palestra foi ministrada pela odontóloga e enfermeira Ana Paula de Carvalho.
Polyana Coutinho- Enfermeira e especialista de enfermagem obstétrica, ministrou palestra sobre o agente comunitário de saúde, onde abordou sobre todo trabalho desenvolvido pelo mesmo dentro de suas atribuições.
 
Clique abaixo e veja mais fotos